voltar

O que é RDB?

20 fevereiro / GX INVESTIMENTOS
O que é RDB?

Uma modalidade de investimento pouco conhecida, mas com boa rentabilidade

O RDB (Recibo de Depósito Bancário) ainda é uma forma de investimento pouco conhecida da população. É uma alternativa de investimento de renda fixa que possui segurança e rentabilidade maior que a caderneta de poupança.

É comum que se confunda sua sigla com uma forma de investir bastante conhecida, o CDB (Certificado de Depósito Bancário). Tanto o CDB quando o RDB são títulos de renda fixa para captação de recursos dos bancos. 

 

Um pouco mais sobre os RDBs

Os RDBs, como já dito acima, são títulos de renda fixa privada. São emitidos pelas instituições financeiras como forma de captação de recursos. Podem ser emitidos por bancos (dos comuns aos de investimento) e também pelas financeiras.

Se você ainda está em dúvida, as financeiras são instituições que realizam operações de financiamento de automóveis, caminhões, máquinas, etc. São parecidas com os bancos, mas só podem emprestar dinheiro para financiar esses bens duráveis.

As financeiras são, normalmente, instituições menores e com menos capital que os bancos. Sendo assim, as financeiras costumam oferecer investimentos com rentabilidades maiores.

 

Diferenças para o CDB

A diferença entre CDB e RDB é que o primeiro permite a negociação do título antes do vencimento, consequentemente, com perda de remuneração, enquanto o segundo é inegociável e intransferível. 

O resgate pode ser feito a qualquer momento, mas é preciso que o prazo mínimo da aplicação, que varia de um dia a 12 meses (a depender do tipo de investimento), já tenha passado. Caso aconteça antes, o rendimento se perde.

Os RDBs não podem ser resgatados antes do prazo de vencimento, ou seja, sua liquidez vem somente no vencimento. Por consequência, não possuem liquidez diária.

Contudo, até é possível resgatar um RDB antes do vencimento. A única forma é vender o título de volta para a instituição que o emitiu. No entanto, o investidor pode perder grande parte ou a totalidade do rendimento.

 

Vantagens dos RDBs

A grande vantagem é a rentabilidade. Você se pergunta o porquê, certamente. Isso se dá porque a maior parte dos RDBs tem emissão feita pelas financeiras e não pelos bancos. 

Sendo assim, como as financeiras oferecem rendimentos bastante superiores aos oferecidos pelos bancos, o RDB é bastante interessante para o investidor que busca uma rentabilidade maior.

Com os RDBs, há a possibilidade de negociar as taxas de remuneração em função do valor investido para, por tabela, aumentar a rentabilidade. 

As taxas podem ser prefixadas (com rendimento conhecido desde o momento da aplicação), pós-fixadas (com rendimento calculado ao final da aplicação) ou flutuantes (em função de indexadores como CDI e Taxa Selic).

Por se tratar de um investimento de Renda Fixa, há risco baixo para a aplicação. Sendo assim, o investidor buscará ter sua preocupação voltada para a solidez financeira da instituição a qual aplicará o seu dinheiro.

Outra vantagem do RDB é que tem proteção garantida pelo FGC (Fundo Garantidor de Crédito) até o limite de R$ 250 mil por CPF e por grupo financeiro. 

Contudo, a maior desvantagem do RDB é a incidência do Imposto de Renda na aplicação em função do tempo de investimento. Quanto maior o tempo de aplicação, menor a alíquota. Veja: 

  • aplicações até 180 dias: 22,5%
  • aplicações até 181 a 360 dias: 20%
  • aplicações até 361 a 720 dias: 17,5%
  • aplicações acima de 720 dias: 15%
Compartilhe:

Leia também

Eficiente para lucrar em imóveis
18 setembro / GX INVESTIMENTOS

Eficiente para lucrar em imóveis

Fundo imobiliário é uma boa forma de investir; além da alta rentabilidade, tem baixos riscos

SAIBA MAIS
Investimento na Bolsa de Valores promete altos retornos
13 setembro / GX INVESTIMENTOS

Investimento na Bolsa de Valores promete altos ret...

Momento para se tornar sócio de grandes empresas através de aplicação é favorável

SAIBA MAIS
Cenário é inédito para quem pensa em investir
11 setembro / GX INVESTIMENTOS

Cenário é inédito para quem pensa em investir

Taxas atuais do mercado permitem sair da zona de conforto e acreditar em opções mais ousadas

SAIBA MAIS

GOSTOU DO CONTEÚDO?

Acesse nossa área restrita
e assista conteúdos exclusivos.

QUERO ME CADASTRAR